Acesso a Informação

Acesso Rápido

Do que você precisa?

Telefones Úteis

Home Sala de Imprensa Notícias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
SSPDS divulga índices criminais e apresenta ações para melhorar a segurança pública PDF Imprimir
Sex, 11 de Agosto de 2017 17:45

170811_REUNIAO_AIS_DP26940_WEB.jpgA Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) apresentou, nesta sexta-feira (11), os índices criminais – apreensão de armas de fogo, apreensão de entorpecentes, autos de prisão e apreensão em flagrante por crimes qualificados, Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), Crimes Contra o Patrimônio (CVP) e Furto –, do último mês de julho e do acumulado do ano. Na ocasião, também foram divulgadas algumas ações de reforço no trabalho dos setores de inteligência e investigação criminal, com o objetivo de melhorar as estatísticas relativas à segurança pública.


Para o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, os índices de CVLI continuam muito altos e preocupam. “Estamos em alerta, mas estimulados e trabalhando muito para melhorar e reduzir o número de vítimas da violência”, frisou, lembrando que na próxima segunda-feira mais 1.400 candidatos do último concurso da Polícia Militar serão chamados. Outros 2.800 já estão em treinamento. Deles, 1.400 já começam a atuar em outubro. “O governador também já anunciou que prevê chamar mais candidatos dos concursos da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros”, destacou.


Entre as iniciativas, estão investimentos na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que dobrou o número de delegacias este ano. Atualmente, são dez delegacias atendendo os crimes ocorridos nas dez Áreas Integradas de Segurança (AISs) mais uma delegacia especializada em crimes contra profissionais da segurança pública. O número de policiais da Divisão também foi incrementado em mais 20 inspetores, seis delegados e cinco escrivães. “Esses reforços devem nos dar retorno a médio prazo, mas já podemos sentir as melhorias, como o aumento dos inquéritos concluídos e relatados com autoria definida”, frisa o secretário André Costa. Em julho, por exemplo, esse aumento foi de 333%, passando de seis, em 2016, para 26, no mês passado.


Já a Coordenadoria de Inteligência da SSPDS, teve um aumento de 33,33% na quantidade de policiais civis e de 10,71% no número de militares. Além disso, a SSPDS passa a contar este mês com mais câmeras, inclusive com leitura de placas de veículos, a partir de parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Serviços Públicos (AMC), o que reforçará os trabalhos investigativos. Quando o processo de disponibilização das imagens estiver concluído, o Sistema de Segurança terá cerca de 800 câmeras à disposição em Fortaleza. “Não só estamos focando nos reforços e tecnologia, mas também na capacitação dos nossos servidores. Temos previsto dois cursos, um pela Polícia Federal e outro pela Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça), sobre investigação de homicídios”, adiantou o secretário.


Ceará Pacífico


170811_REUNIAO_AIS_DP04309_WEB.jpgPresente na reunião, a vice-governadora do Estado, Izolda Cela, apresentou os desafios que o Governo enfrenta na busca por melhorias no contexto da segurança pública, por meio do Programa Ceará Pacífico. “O Governo se compromete firmemente com três frentes importantes. Uma que diz respeito a lidar com a dinâmica da criminalidade. Fazendo frente aos problema com mais efetividade e com medidas concretas de melhoria nos processos da segurança. Uma outra frente é a busca por construir processos que vão dar mais sustentabilidade a médio e longo prazo para termos mais chance de vencer esses desafios, como ações articuladas com o Poder Judiciário, com o Ministério Público, com a Defensoria Pública e outros órgãos e secretarias de Governo. Assim podemos dar uma resposta a sociedade, principalmente, quando falamos de crimes contra a vida, que é nosso foco prioritário, reduzindo, assim, a sensação de impunidade”, ressaltou.


Izolda destaca que essas ações integradas são necessárias que se alcançar sucesso no programa. "Uma outra frente é articular ações que tenham força de prevenção, com a interlocução de outras secretarias de Governo, com as setoriais e municípios, para que nós possamos ser mais eficientes e mais eficazes nas políticas de prevenção. Um das iniciativas é a busca ativa das crianças e dos jovens que estão fora da escola. A realidade está mostrando a conexão que existe entre o abandono escolar e a vinculação desses meninos com as coisas que não prestam", completa.


Índices


Em julho deste ano, comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento de 22,7% nas armas apreendidas, passando de 490 para 601. No acumulado do ano, já são 4.313 armas apreendidas contra 3.446 em 2016. No mês passado, houve uma alta de 324,2% na quantidade de entorpecentes apreendidos, indo de 243,02 quilos, em 2016, para 1.030,83, em julho último. No primeiro semestre de 2017, o crescimento foi de 146,3%, passando de 1.750,49, nos seis primeiros meses de 2016, para 4.312,13 quilos.


Já os autos de prisão e apreensão em flagrante por CVLI, tráfico de drogas, roubo e porte, posse e comércio de arma de fogo cresceram 35,7%, em julho passado, quando aconteceram 1.277 capturas, enquanto no mesmo mês do ano passado foram 941. No acumulado do ano, são 8.817 contra 7.867 – um aumento de 12,1%.Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI),com relação ao mesmo mês do ano passado, registrou aumento, sendo 475 casos em julho último contra 255, em 2016. Em Fortaleza, o número de vítimas em julho (184) foi maior que o registrado em julho de 2016 (86 casos).

 

11.08.2017

 
Kélia Jácome,
Coordenadora de Comunicação,
Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS),
Governo do Estado do Ceará,
(85) 3101.6517 e 98766.0028

 

Expediente-imprensa 31Jul 2017

Última atualização em Sex, 11 de Agosto de 2017 18:27
 

Serviços


Governo do Estado do Ceará - Palácio da Abolição - Av. Barão de Studart, 505 - Meireles, Fortaleza - Ce - CEP: 60.120-013 - Horário de Funcionamento 08 horas às 17 horas - Ver localização no mapa

© 2017 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados.