Acesso a Informação

Acesso Rápido

Do que você precisa?

Telefones Úteis

Home Sala de Imprensa Notícias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Ceará registra saldo de emprego positivo em fevereiro PDF Imprimir
Sex, 17 de Março de 2017 16:52

Construção Civil e Serviços foram os responsáveis pelos melhores resultados

Em fevereiro, os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Cageg), divulgados pelo Ministério do Trabalho, sinalizam para o início de uma gradual retomada do crescimento da economia cearense, com a geração de 64 empregos com carteira assinada.

"Diante da perspectiva de que a economia nacional venha a crescer 0,5% neste ano, o que reflete diretamente na economia cearense, esperamos uma melhora gradual dos indicadores do mercado de trabalho, ao longo do segundo semestre, " analisa o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Gilvan Mendes.

No Estado, entre os setores que mais geraram empregos, destaca-se a construção civil, com 1.066 novos empregos, um resultado significativo após onze meses consecutivos de saldos negativos. No mesmo período, o setor de serviços foi responsável pela criação de 972 empregos formais, sobressaindo-se os subsetores de ensino (1.003 vagas) e os serviços médicos, odontológicos e veterinários (167).

O saldo registrado interrompeu a trajetória de queda e manteve um nível de contratação positivo de 64 novas vagas, após dois anos de saldos negativos: fevereiro de 2016 (-4.171) e fevereiro de 2015 (-2.027) . Os números só não foram mais relevantes em virtude da redução do emprego nos setores do comércio (-1.438) e agropecuária (-869).

“Há de se ponderar que este saldo se deve muito mais à redução do nível de desligamento dos trabalhadores do que de um maior número de contratações, visto que, comparado com janeiro do mesmo ano, houve uma ampliação de 1.231 admissões e uma redução de 6.269 desligamentos, em fevereiro de 2017", destaca o analista do mercado de trabalho do IDT, Mardônio Costa.

Com este resultado, o Ceará posiciona-se entre os 14 estados com saldos positivos no país, onde contavam apenas dois estados do Nordeste - Piauí (178) e Ceará (64). No outro extremo, destaca-se que dois estados do Nordeste registraram os maiores saldos negativos do mês: Pernambuco (-16.342 empregos) e Alagoas (-11.403).


No país

O Brasil também registrou saldo positivo de 35.612 empregos, o primeiro crescimento do mercado de trabalho desde abril de 2015. Em fevereiro deste ano, foram 1.250.831 contratações contra 1.215.219 demissões. O País registrou um contingente de 38.315.069 trabalhadores com carteira assinada, em fevereiro. Os números mostram recuperação da indústria de transformação, que teve um saldo positivo de 3.949 vagas formais de trabalho, e do setor de serviços, 50.613. Em seguida, destacaram-se a administração pública, com saldo de 8.280 vagas, e a agricultura, com 6.201.



17.03.2017

Assessoria de Comunicação Social
Instituto de Desenvolvimento do Trabalho - IDT
Jornalista responsável: Ana Clara Braga
Fone: 3101.5500
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Expediente coordenadoria-01

 

Serviços


Governo do Estado do Ceará - Palácio da Abolição - Av. Barão de Studart, 505 - Meireles, Fortaleza - Ce - CEP: 60.120-013 - Horário de Funcionamento 08 horas às 17 horas - Ver localização no mapa

© 2017 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados.